“Não apaguem o Espírito” (1 Tessalonicenses 5.19)

O versículo de hoje nos diz para não apagarmos o Espírito Santo. Creio que uma forma de apagarmos o Espírito Santo é por meio da reclamação. Precisamos que o Espírito Santo opere nas nossas vidas, e quanto mais optarmos por parar de reclamar e por ser gratos (o oposto da reclamação), mais liberdade o Espírito Santo tem para trabalhar nas situações que nos afligem. É natural reclamar; é sobrenatural dar graças quando somos testados e provados em meio às circunstâncias da vida.

As pessoas que resmungam e reclamam não ouvem a Deus, porque para ouvi-lo precisam parar de reclamar! Levei anos para descobrir esta verdade! Eu resmungava, reclamava, murmurava e criticava tudo e todos, e depois ficava com ciúmes porque todos que me cercavam estavam ouvindo a Deus e eu não!

“Por que nada de bom está acontecendo comigo?” Eu resmungava. Dave sempre me dizia: “Joyce, não vão acontecer coisas boas em nossas vidas até que você pare de ficar irritada toda vez que as coisas não saem do seu jeito”.

Então eu ficava zangada com ele por me dizer isso e retrucava: “Você simplesmente não sabe nem se importa como eu me sinto!”.

O problema era que eu me importava demais como eu me sentia e não me importava o suficiente com a promessa de Deus em me ajudar. Deus se oferece para nos ajudar nos nossos problemas e nos mostrar o que fazer, se permanecermos pacientes (tivermos uma atitude positiva) durante as nossas provações. Reclamar não é sinal de paciência, mas a gratidão e as ações de graças, sim. Quando aprendi a viver segundo a Palavra de Deus em vez de viver de acordo com os meus sentimentos, passei a ouvir a voz de Deus mais claramente. Reclamar abre a porta para o inimigo, mas as ações de graças e a gratidão abrem a porta para Deus.

A PALAVRA DE DEUS PARA VOCÊ HOJE: Não apague o Espírito Santo com as suas reclamações.